Tags

, , , , ,

É com uma simples frase dessa que começamos uma conversa.

Não necessariamente a conversa irá para frente (em pelo menos 78% dos casos termina em um “Ah tá tudo certo, e você?” ) o que me faz pensar, para que perguntar se você não quer saber?

A verdade é uma só na maior parte do tempo não queremos ouvir os problemas dos outros, apenas daqueles com que você se importa realmente ou vai me dizer que você se importa se seu vizinho esta bem ou aquele colega do colegial que você não vê a sei lá 5 anos? e isso sim é que importa.

Laços surgem unica e exclusivamente com as pessoas que você participa da vida, seja amigos íntimos, namorado, familiares próximos. Porém parece que se você não criar o numero minimo de laços possiveis a sociedade não te deixa em paz.

Talvez pela facilidade que exista nas redes sociais hoje, você é visto como popular ou impopular pelo número de amigos que tiver no facebook. Isso é tão ridículo afinal tem gente que quer uma amizade no facebook só porque o cara é bonito, parece que não entendeu que isso a gente faz no twitter….

Existe uma grande dificuldade em entender que as pessoas gostam de ter poucos amigos, ou então de estarem sozinhas ou ficarem solitárias. Inclusive li um texto da Danusa na revista Claudia desse mês (sim minha mãe assina a revista e eu leio quando to no banheiro ok?) que trata exatamente disso.

Uma pessoa tem o direito de estar sozinha e ser solitária, por mais pouco usual que isso seja. Para no fim das contas poder dizer sinceramente e com muito carinho “Oi more, como você esta?”

Anúncios