Tags

, , , ,

O Netto, ou Zé entre os amigos é um menino alto, de olhinhos puxados, poderia ser nissei ou sansei, mas é produto tipicamente brasileiro mesmo.
Aliás tudo nele é não óbvio: no primeiro contato você não sabe suas raízes se o vê; se o ouve nao sabe de onde vem o sotaque que pode ser do RJ, ES ou partes de MG!
Olhando de relance veste-se como um garoto da idade, bem singelamente, calça ou bermuda, tènis e camiseta. Sua beleza também não é óbvia. Através da observação é que se vè as belezas que estáo lá esperando ser descobertas: labios carnudos, cabelo de boa textura, olhos expressivos, altura interessante, corpo em forma[…]

Interiormente tem veia de escritor e blogueiro, gosta de filosofia, mangas, animes, reunioes sociais e dar umas risadas e tem um senso de humor talvez um pouco ironico.
[…]
Pelos 20 anos que têm ja sabe bem o que é crise. Crise financeira, crise no convivio familiar, no trabalho…Amadureceu com isso.

[…] O curioso eh que ele não guarda rancor de quem o usou e consegue ver o lado bom do que aconteceu nesses casos. Tem essa veia otimista e boa com relacao a perdoar.

Eh bastante esforçado, até pq não é mole estudar e trabalhar. Não se esmorece com a rotina cansativa. Gosta de aprender sobre tudo, no momento sobre desenhar e estruturar home-pages para serem usadas produtivamente. Gosta de ajudar e consegue conviver com pessoas dificeis. E isso é uma dádiva, convenhamos.

Em casa é levado na rédea curta, rs, pela mãe que controla bastante seus movimentos, porém, sem hipocrisia, isso é bom pq foge ao “crescer largado” que vigora hj em dia e que faz mais jovens perdidos, sem senso familiar ou respeito ao proximo do que nunca. A relação com o pai é respeitosa. Apenas não sei mais detalhes ou como vè seu pai, até pq ninguém merece ter um pai carioca, parece até caIssssssssssssssssssssssstigo, kkk (tava demorando a cutucada né? rs). […]. Reconhece o esforço que seu pai fez tentando progredir, mas que a crise do país segurou. O gosto pela cozinha e boa comida, vinhos, veio do pai como Neto mesmo conta.

[…]

Por fim, Neto adora os verdadeiros amigos, confia mais do que desconfia nas pessoas e está empenhado em escrever um livro em conjunto, até já fez o prólogo! Foi recentemente efetivado de estagiario a funcionario. Gosta de ajudar e é prestativo com amigos que estáo de mudança, tem que montar móveis e afins e inclusive fará esse sacrifício no Carnaval, mas  acredita-se que havera compensações, hehe

Se tem algo a melhorar? Creio que esta no caminho certo em todos os quesitos citados. É só manter e não se perder no longo caminho da vida em que muitas vezes circunstâncias alteram o ser, tornando- mais amargo, mais descrente, mais ansioso, menos confiante, desanimado, arrogante etc…

As partes que eu coloquei com o […] dizem respeito apenas a mim, mas são bem claras e pertinentes, porém quem sabe uma outra eu resolva postar por aqui.

Quem me conhece deve desconfiar quem foi que escreveu esse texto, e aqueles que não desconfiam, bem não posso fazer nada.

Fico hoje por aqui.

See you later

Anúncios