Tags

, , , ,

É fácil se acostumar com coisas boas.

Talvez não apenas pelo fato de serem agradáveis, ou fazerem nos sentir bem, mas sim pelo fato de esse ser o estado “natural” do ser humano. Ninguém é naturalmente irritado ou estressado, esse é estado mental forjado, forçado e que não pertence a nós na maior parte do tempo.

O fato de estarmos estressado, irritados ou desagradáveis, é algo que ocorre repentinamente por algo que estava bom, porem mudou drasticamente e essa mudança nos nós fez bem – ou não constava nos nossos planos originais, algo que eu detesto -, e por isso acabamos deixando de estar bem.

A facilidade de estar bem ou de coisas boas ocorrem é algo que todo o ser humano busca, porem paradoxalmente quanto mais buscamos esse sentimento, essa sensação, mas ela acaba fugindo de nós, e nos jogando no inverso do que buscamos, pois tentar ser feliz, estar bem etc, é estressante.

A única realidade que o ser humano possui é na qual ele esta inserido – seja para o bem ou para o mal -, e quanto mais nós procuramos algo, mais o objetivo se esconde de nós. E certos acontecimentos – felizmente ou infelizmente – acabam ocorrendo sem que nós esperemos, e muitas vezes esses acontecimentos inesperados, são os mais marcantes da nossa vida.

E quando acaba fica aquela sensação nostálgica e você se vê como um bobo, relembrando aos simples, sensações boas que vieram e tornarão “aquele” dia especial, e você fica desejando que todos os seus dias fossem assim.

Então vem mais uma manhã e novas sensações aparecem e você acaba percebendo que mesmo que haja aquela vontade de permanecer em em um momento especifico, sempre há algo novo, algo que é inesperado e magnificamente bom.

E ao fim, só sabemos que a humanidade, cada individuo da Terra, tem muito a viver, e sua vida sempre será em busca de coisas boas, boas sensações, bons amores…Porem sem ter o controle da situação, afinal nunca sabemos quem pode nos convidar para um sorvete no fim de tarde de sábado.

Anúncios