Tags

, , , , ,

Quem nunca esteve sozinho?

As luzes dessa cidade não me dizem mais nada....

Bem que se quis
Depois de tudo
Ainda ser feliz
Mas já não há
Caminhos prá voltar
E o quê, que a vida fez
Da nossa vida?
O quê, que a gente
Não faz por amor?…

Certas dias não merecem ser lembrados, a menos que você deseje abrir velhas feridas…Hoje é um desses dias…

Eu cansei, eu fiquei com raiva, e no fim das contas não saí do lugar…Eu queria alguém comigo hoje…Gostaria de saber que alguém se importa. Alguém pra me dar força hoje…Meu resultado do vestibular sai amanhã, e eu me sinto só.

Mas tanto faz!
Já me esqueci
De te esquecer
Porque!
O teu desejo
É meu melhor prazer
E o meu destino
É querer sempre mais
A minha estrada corre
Pro seu mar…

Mas eu sou fraco, eu brigo, brigo, brigo e nunca brigo com você. Brigo com a vida, reclamo aos ventos, mas nunca falo para você.Você me desarma, e hpje mais do do que nunca eu queria poder estar perto de você, simplesmente para ouvir sua voz dizendo: “relaxa, você consegui” ou então, “Cala a boca, você é inteligente”, qualquer coisa, qualquer uma das sua frases de efeito, e terminar com um beijo…

Agora vem, prá perto vem
Vem depressa, vem sem fim
Dentro de mim
Que eu quero sentir
O teu corpo pesando
Sobre o meu
Vem meu amor, vem prá mim
Me abraça devagar
Me beija e me faz esquecer…

Eu sei que qualquer um dos meus amigos poderia me dar apoio hoje, porem era o seu apoio que eu queria hoje, era a sua voz que eu queria ouvir, enfim era a sua presença hoje que eu queria…

Eu sei do papel de otário que estou fazendo, e sei mais ainda que quando você voltar eu provavelmente vou esquecer todo esse drama, até eu precisar de você novamente e você falhar comigo…

Bem que se quis
Depois de tudo
Ainda ser feliz
Mas já não há
Caminhos prá voltar
E o quê, que a vida fez
Da nossa vida?
O quê, que a gente
Não faz por amor?…

Mas tanto faz!
Já me esqueci
De te esquecer
Porque!
O teu desejo
É meu melhor prazer
E o meu destino
É querer sempre mais
A minha estrada corre
Pro seu mar…

A verdade é uma só… Não sei porque eu ainda tento, porque eu insisto em algo que eu sei que não vai pra frente?

Por que eu quero acreditar que temos uma chance, e até cair a minha ficha, até a minha lucidez voltar, eu permaneço aqui, sozinho…

Agora vem, prá perto vem
Vem depressa, vem sem fim
Dentro de mim
Que eu quero sentir
O teu corpo pesando
Sobre o meu
Vem meu amor, vem prá mim
Me abraça devagar
Me beija e me faz esquecer…

Bem Que Se Quis!…

See You later

Anúncios